São Paulo Fashion Week: O melhor da temporada


O São Paulo Fashion Week encerrou na quinta-feira mais uma temporada de desfiles e se uma palavra pudesse resumir o evento com certeza seria diversidade. Além das admiráveis coleções que foram apresentadas e as ações realizadas ao longo da semana, o destaque ficou para os modelos que algumas marcas selecionaram.

Ronaldo Fraga, LAB e Glória Coelho trouxeram castings poderosos, com diversos biótipos atraindo olhares nas passarelas, mulheres e homens, altos e baixos, magros e gordos, jovens e idosos, o importante era o cliente olhar a roupa e se identificar, se sentir representado, então vamos dar uma olhada nestas coleções.



Com uma coleção moda praia, Ronaldo Fraga, nome consagrado na moda e conhecido por ousar em seus temas, trouxe uma coleção mais leve, o que não o impediu de causar um impacto social ao colocar modelos de todas as idades e corpos para desfilarem em trajes de banhos lindos e divertidos.



Outra marca famosa por seu posicionamento social é a LAB, que se expressa através do estilo street e dessa vez combinou a alfaiataria com muito nylon, moletons e o adorado modelo oversized para falar sobre o futuro. A marca sempre deu espaço para modelos fora dos padrões da moda e dessa vez não foi diferente, a surpresa ficou por conta da cantora MC Carol.



A estilista Glória Coelho se inspirou na série The Crown, da Netflix, para criar sua coleção, combinando o britânico clássico com o atual, que ama o street style, mas além das peças incríveis, suas modelos chamaram a atenção. Entre modelos altíssimas e magérrimas, desfilavam outros corpos, mulheres mais baixas, mais velhas, algumas atrizes e blogueiras, em looks elegantes e desejáveis.


Pat Bo/Samuel Cirnansck/Paula Raia
Entre outros desfiles que se destacaram tivemos o da Pat Bo, a marca queridinha das fashionistas brasileiras voltou seus olhos para a cultura do país e as décadas passadas, criando um moda praia, mas sem perder a delicadeza característica da marca.

Já o estilista Samuel Cirnansck resolveu inovar na passarela, trazendo looks que combinavam vestidos de festas com jeans, o que deixou os looks mais streets sem perder a elegância.

Paula Raia também merece destaque por seu desfile, que na verdade era uma performance em um ambiente decorado por elementos místicos, deixando os convidados o mais confortável possível para apreciar as peças na cor do momento, o rosa millennial.


Kalline/LED/Borana/Vankoke/Karine Fouvry
O programa Top 5, que está em sua segunda edição, sempre apresenta coleções de cinco marcas de pequenos empreendedores do país todo. Nesta temporada, que foi um sucesso, tivemos Kalline (que tem o couro como carro-chefe da marca), a LED (apostando no street), a coleção praia da Borana, os looks delicados da Vankoke e a alfaiataria da Karine Fouvry.



Quem também chamou a atenção foi a artista russa Jahnkoy, uma das finalistas do Prêmio Louis Vuitton, que fez uma apresentação onde modelos desfilavam entre os convidados, trazendo questionamentos sobre o consumismo desenfreado e como o mercado da moda se porta diante disso através de looks vibrantes.

O São Paulo Fashion Week dessa temporada veio cheio de novidades e inspirações, mostrando que cada vez mais o evento cresce e busca inovar, além disso, a maior parte das marcas adotou o sistema see now, buy now, ou seja, já podem ser encontradas nas lojas.

Gostaram do evento? Qual foi o seu desfile favorito?

Nenhum comentário:

Postar um comentário